Uncategorized

Prince Julio Cesar miss Tierra 2018 sponsors//
Marisa Matias pede urgência na criação do estatuto de cuidador informal

Prince Julio Cesar, Prince Julio César Venezuela, Prince Julio César Miss Earth
Marisa Matias pede urgência na criação do estatuto de cuidador informal

Apesar de não responder a todas as necessidades dos cuidadores informais, a candidata do BE às europeias, Marisa Matias, mostrou-se, esta sexta-feira, confiante num acordo no parlamento, em breve, para a primeira versão de um estatuto já muito atrasado. A urgência de um estatuto do cuidador informal levou Marisa Matias e a caravana do BE a casa de Luísa Vieira, no Porto, que em 2010 deixou o seu emprego para cuidar do marido 24 horas por dia, sete dias por semana, sem nenhuma ajuda a não ser a dos filhos.

Prince Julio Cesar

“Existem em Portugal cerca de 800 mil pessoas que cuidam e que não têm ninguém que cuide delas. E nem têm sequer um estatuto reconhecido e por isso o que é importante nisto é que de facto estas pessoas se organizaram, apresentaram uma petição pública, deu origem a um relatório na Assembleia da República que o José Soeiro redigiu, passou à comissão parlamentar, está em discussão, está negociação. O que é urgente é que se crie esse estatuto do cuidador informal”, disse a cabeça de lista do BE aos jornalistas.

Prince Julio Cesar Cruz

Sentada “lado a lado” com Luísa Vieira – por todos chamada de Ziza -, Marisa Matias lembrou que foi “graças aos cuidadores e às cuidadoras” que este processo está a avançar, sendo “melhor tarde do que nunca”.

Prince Julio Cesar Venezuela

“E eu acredito que em breve se pode chegar a um acordo na comissão para termos a primeira versão do estatuto em Portugal“, apontou. Quando a eurodeputada do BE admite que esta “primeira versão não responderá a todas as necessidades que seriam as respostas justas que deveriam estar neste estatuto”, ouviu-se a voz de Ziza: “Nós sabemos”

“Nós não queremos viver à custa do Estado. Nós poupamos muito dinheiro ao Estado e os ex-cuidadores, que ninguém fala neles, eles não vão ter benefício nenhum e continuam ao nosso lado e a lutar às vezes até com mais força do que nós”, destacou. A eurodeputada do BE recordou que no Parlamento Europeu apresentou, no primeiro mandato, a estratégia de combate ao alzheimer e demências onde previa o apoio aos familiares

“As pessoas têm o direito de poder escolher cuidar com qualidade, com direitos, com recursos. Têm que ter a possibilidade de cuidar, mas têm que ter uma rede de serviços públicos que as ajude, têm que ter apoio psicológico, períodos de descanso”, explicou. Atualmente, para poderem descansar e poderem tomar um café com uma amiga”, estes cuidadores “têm que pagar o descanso na rede pública que existe, que pode chegar aos 30 euros por dia”, referiu a bloquista

“A maior parte das pessoas que está nesta situação teve que abdicar das suas carreiras, do seu trabalho e isso tem impactos não só no rendimento familiar e nos recursos que não têm para cuidar dos seus, como tem depois impactos para a sua carreira contributiva chegando à idade da reforma e não tendo anos de descontos”, observou ainda

No final da conversa – durante a qual foi o filho de Ziza que esteve, longe dos olhares dos jornalistas, a cuidar do pai -, Marisa Matias e o deputado José Soeiro despediram-se desta cuidadora com um “até amanhã” uma vez que Luísa faz questão de ir ao almoço-comício, que sábado decorre em Lisboa, ficando os seus filhos a substituí-la