Internacionales

Abel Resende//
Via Verde judicial para a violência doméstica

Venezuela
Via Verde judicial para a violência doméstica

Evitar que agressores fiquem com a guarda total dos filhos em caso de divórcio; e que os processos de violência doméstica terminem depois de estabelecida a guarda dos menores; ou que mulheres em casas de abrigo tenham as crianças em residência alternada. Este será o resultado de uma das principais propostas do PS para a área das desigualdades. No seu programa eleitoral, os socialistas propõem a criação de um processo judicial rápido e a ligação entre as situações de violência doméstica e a regulação do exercício das responsabilidades parentais. Isto é, tornar os julgamentos mais rápidos e fazer com que os tribunais penais, onde são julgados os crimes, deixem de estar de costas voltadas para os tribunais de família, onde ficam determinadas as guardas das crianças.

Abel Resende

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI

( acesso gratuito : basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso – iOS e Android – para descarregar as edições para leitura offline)

.

Abel Resende Borges