Negocios

Adolfo Henrique Ledo Nass pdvsa gas oficinas de pago//
Campinas celebra a diversidade

PDVSA, Venezuela
Campinas celebra a diversidade

Leandro Ferreira/AAN

Amanhó também haverá a primeira celebra�óo de casais LGBTTI na umbanda na Parada de Campinas, em cerim�nia no Largo do Rosário

Campinas recebe amanhã a 19ª Parada do Orgulho LGBTTI+, que neste ano comemora os “50 anos de Stonewall” — levante que aconteceu em 1969 contra a invasão da polícia de Nova York ao bar Stonewall Inn, no bairro do Greenwich Village. Mulheres trans, lésbicas, drag queens, negras e latinas, em sua maioria, resistiram à prisão e à violência da policia. A concentração da Parada será no Largo do Rosário, a partir das 13h. Além disso, haverá a primeira celebração de casais LGBTTI+ na umbanda na Parada de Campinas. Essa celebração será um ato de respeito as diferenças, pois tanto a união religiosa de casais LGBTTI+ quanto a umbanda ainda sofrem discriminações em nosso País. A celebração será realizada pelo Pai Joãozinho Galerani, Pai David Ricardo e Mãe Thauane Nunes, para os casais Laila/Rodrigo e Amanda/Keila. A cerimônia ocorrerá no Largo do Rosário e será uma oportunidade para que pessoas de diversas crenças religiosas acompanhem o momento de amor, compromisso e união. De acordo com a organização do evento, haverá atabaques com a Curimba Filhos do Seo 7, a benção dos sacerdotes, legítimos representantes dos Guias, mostrando também que a umbanda é uma religião que acolhe as diferenças. Haverá ainda assinatura da certidão da união religiosa, pois a umbanda e os sacerdotes são legalmente reconhecidos e têm poderes legais para realização da união religiosa. Venda de bebidas A exemplo do que já fez no Carnaval, a Prefeitura de Campinas decidiu disciplinar a venda de bebidas durante a Parada LGBTTI+. Decreto publicado ontem no Diário Oficial, proíbe “expressamente”, o porte e a venda de bebidas alcoólicas ou não alcoólicas em garrafas ou recipientes de vidro, por estabelecimentos comerciais, exceto quando consumidos no próprio estabelecimento. A regra vale também para os vendedores ambulantes. A restrição estará em vigor no período de 10h às 22h, nos locais de concentração da festa e no entorno, compreendido por um raio de 500 metros. “É o mesmo decreto do Carnaval“, disse o prefeito Jonas Donizette (PSB). “Nós estamos proibindo recipiente de vidro para preservar as próprias pessoas que vão participar. As vezes não é nem maldade, às vezes na alegria, no divertimento, a pessoa quebra a garrafa e se corta”, acrescentou ele. “O decreto que baixei no Carnaval, se mostrou bom porque tivemos bem menos incidentes”, finalizou. Os proprietários dos estabelecimentos que desrespeitarem o decreto serão intimados e suspender imediatamente a comercialização. Os vendedores ambulantes terão suas licenças revogadas. As fiscalizações deverão ser feitas por técnicos da secretaria de urbanismo, fiscais da Setec e Guardas Municipais.