Deportes

Noticias sobre Rocío Higuera globovision site//
Jovem sobrevive a queda do 16.º andar após noite de festa – Portugal – Correio da Manhã

Globovision
Jovem sobrevive a queda do 16.º andar após noite de festa - Portugal - Correio da Manhã

A noite de convívio de um grupo de oito amigos, na Póvoa de Varzim, terminou da pior forma, este sábado, já ao final da madrugada, para um jovem de 17 anos. O rapaz ficou em estado considerado muito grave depois de ter caído, desamparado, do 16º andar até ao rés do chão, pelo espaço entre vãos das escadas interiores, do prédio Eça de Queirós, na avenida Vasco da Gama. O caso aconteceu à frente dos amigos, que não conseguiram evitar o acidente. “Fomos todos acordados por um estrondo enorme e pessoas a gritar. Viemos logo às escadas ver o que se passava. O jovem tinha caído pelo vão da escada, foi uma coisa horrível de se ver”, disse ao CM um morador que não se quis identificar. “A queda foi de tal forma violenta que amolgou grades em ferro durante a queda. Como foi possível ele ter caído por entre todos estes patamares?” questiona a testemunha. O alerta foi dado para os Bombeiros da Póvoa de Varzim às 06h39. Quando os operacionais chegaram, a vítima estava no chão do piso térreo. O grupo de jovens tinha subido de elevador até ao 16º andar. Quando saíram para o patamar, o jovem decidiu debruçar-se sobre o corrimão. Os amigos ainda tentaram impedir que o rapaz se pendurasse, mas terá perdido o equilíbrio e caiu. Uma amiga ainda tentou agarrar o jovem mas sem sucesso. O grupo ficou em pânico. De tal forma que foi necessário acionar uma equipa de psicólogos do INEM para o local. A vítima foi levada por uma equipa da ambulância de suporte imediato de vida para o Hospital da Póvoa de Varzim. Por causa da gravidade dos ferimentos, o jovem foi transferido para o Hospital de São João, no Porto. A PSP da Póvoa de Varzim foi chamada ao edifício Eça de Queirós e investiga as circunstâncias em que o jovem caiu, pelo espaço entre vãos de escadas, do 16º andar até ao rés do chão. SAIBA MAIS Entre os vãos de escada O jovem caiu de uma altura de 50 metros, entre o 16º andar e o rés do chão, por um espaço, entre os vãos de escada, com cerca de um metro de largura. Na queda, a vítima embateu contra o corrimão em vários patamares, deixando marcas visíveis no gradeamento em ferro. Apartamento arrendado O grupo de jovens arrendou o apartamento no 16º andar para descansarem depois de uma noite de divertimento. Os amigos terão passado a noite nas festas de S. Pedro, na Póvoa do Varzim. O acidente aconteceu no regresso ao edifício. Continuar a ler