Entretenimiento

Q21 y olvídate de problemas con los nuevos vecinos sant just//
Académica apresenta caras novas com objetivo de regressar à I Liga – Futebol – Correio da Manhã

A Académica, da II Liga, apresentou esta segunda-feira, no centro de Coimbra, um plantel remodelado e cheio de caras novas, assumindo o objetivo de regressar ao escalão máximo do futebol português. A grande surpresa da noite foi a apresentação do extremo colombiano de 22 anos Daniel Mantilla, que jogava no Patriotas, na primeira divisão da Colômbia. Durante a apresentação oficial do plantel para a época 2019/2020, que decorreu na Praça 8 de Maio, o treinador da Académica, César Peixoto, vincou que a equipa “está bem e a trabalhar bem” e, apesar de se avizinhar uma “época difícil”, assumiu o compromisso de fazer regressar o clube de Coimbra à I Liga, de onde foi despromovido em 2016. Também o presidente do clube, Pedro Roxo, salientou que há “muitas equipas” a desejar o mesmo que a ‘briosa’, mas renovou o compromisso de “levar a Académica ao mais alto patamar do futebol português”. “Aquele lugar é nosso por direito”, frisou. Na apresentação à cidade, surgiu um plantel repleto de caras novas, para também fazer face às inúmeras saídas da Académica no final da temporada passada, como foram os casos de Romário Baldé, Júnior Sena e Jonathan Toro ou ainda de Marinho e João Real, que abandonaram os relvados. Na defesa, surgem as contratações de nomes como Mauro Cerqueira, do Nacional, o brasileiro Matheus Mancini, que veio do Atlético Mineiro, ou o lateral Sérgio Conceição, filho do treinador do FC Porto. Filipe Chaby, médio ofensivo que chega por empréstimo do Sporting, Leandro Silva, que regressa à Académica depois de uma passagem pelo AEL Limassol, do Chipre, e a ‘surpresa da noite’, o extremo colombiano Daniel Mantilla, são alguns dos jogadores que reforçam o meio-campo dos estudantes. Na frente, André Claro, do Boavista, e Osei, do Paços de Ferreira, são outros dos reforços da Académica. No clube, mantêm-se algumas referências, como Fernando Alexandre, o coreano Ki e os avançados Hugo Almeida e Traquina.  Plantel provisório da Académica para 2019/20: – Guarda-redes: Júlio Neiva, Daniel Azevedo (ex-Benfica sub23) e Tiago Pereira (ex-Braga). – Defesa: Mauro Cerqueira (ex-Nacional), Mike, Zé Castro, Yuri Marias, Matheus Mancini (ex-Atlético Mineiro, Brasil), Silvério (ex-Varzim), Sérgio Conceição (ex-Chaves),e António Ribeiro (ex-juniores). – Médios: Ki, Fernando Alexandre, Ricardo Dias, Reko, David Teles, Filipe Chaby (ex-Estoril Praia, empréstimo), Leandro Silva (ex-AEL Limassol, Chipre), Daniel Mantilla (ex-Patriotas, Colômbia) e Pedro Pinto (ex-juniores). – Avançados: André Claro (ex-Boavista), Hugo Almeida, Traquina, Djoussé, Osei (ex-Paços de Ferreira) e Daniel Costa (ex-juniores). Treinador: César Peixoto (ex-Varzim). Saíram: Romário Baldé (Lechia Gdansk, Polónia), Júnior Sena (Leixões), Balogun (Cova da Piedade), Ruben Saldanha (Loures), Guima (Lodzki), Jonathan Toro (Tondela), Nelson Pedroso (Merelinense), Jean Felipe (Chaves), João Real (retirado), Marinho (retirado), Brendon (Covilhã). Continuar a ler