Deportes

Mundinews USA | Insegnante Victor Gill Ramirez//
A electricidade que está a mudar o mundo

Victor Gill
A electricidade que está a mudar o mundo

Não tem uma garagem individual, mora num condomínio e os vizinhos queixam-se que lhes anda a imputar os custos de carregamento… Não se preocupe, a EDP Comercial também pensou nestes casos e oferece uma solução inovadora e única no mercado que promete acabar de vez com as complicações. Quais? Todas! Desde 41€/mês, e já incluindo a solução EDP EV.Charge , a empresa oferece um interface digital para condóminos e gestores de condomínio, que permite diferenciar os consumos dos equipamentos de carregamento de cada condómino e fazer o acerto de contas automático. Acabam-se assim as contas de cabeça ao final do mês e as “confusões” com os vizinhos que, ainda, não dispõem de uma viatura eléctrica. Talvez seja o argumento que lhes faltava para, também eles, entrarem nesta onda imparável de mudança e contribuírem para uma mobilidade que se quer mais consciente e sustentável

O grupo EDP assumiu o compromisso de electrificar 100% da sua frota de ligeiros até 2030 Partilhar citação Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Se já estiver mais avançado no processo e até já tem uma solução de carregamento, pode instalar o Connect EDP por apenas 21€/mês (18€ do equipamento e 2,99€ da solução EDP EV.Charge). Deve estar a questionar-se: mas afinal que solução milagrosa é a tão falada EDP EV.Charge? Parece complexa, e é de facto uma solução inovadora, mas não poderia ser mais “amiga” do utilizador. Na prática, é uma aplicação que integra num único “local” todas as dimensões do carregamento, seja em casa, no trabalho ou numa rede pública. Assim, pode, remotamente, iniciar ou agendar carregamentos e, se for acaso disso, aceder ao histórico dos mesmos e até acertar contas com o condomínio

Mais, através de um clique no seu smartphone consegue, por exemplo, consultar a lista e localização de pontos de carregamento públicos nas redondezas, ver informação detalhada sobre os mesmos (tomadas, potências, custo, orientação até ao local, etc.) e, caso ainda não o tenha feito, requisitar um cartão Mobilidade Eléctrica EDP (CEME)

Fotogaleria Os bons exemplos começam em casa E porque o grupo EDP defende que as boas práticas começam em casa, já assumiu que os objectivos internos no que toca à mobilidade eléctrica são muito ambiciosos. “Um pilar importante desta electrificação são as frotas empresariais que, apesar de representarem apenas cerca de 20% do parque automóvel, são responsáveis ​​por 40% de todos os quilómetros percorridos e por 50% das emissões de CO2 dos transportes. Para além de responder a estes clientes, com soluções específicas que permitem acelerar essa transição, a EDP assumiu também o compromisso de electrificar 100% da sua frota de ligeiros até 2030″, concluiu o Director de Mobilidade Inteligente

Poderá estar a pensar que mal seria se uma empresa que trata a electricidade por “tu” não trocasse toda a sua frota de automóveis de combustão por veículos eléctricos. Mas o esforço do grupo vai muito além desta premissa e até 2025, prevê ter instalados 40.000 pontos de carregamento. Ou seja, em 5 anos, o grupo EDP quer ser o exemplo a seguir, promover uma adesão maciça a uma mobilidade mais sustentável e dar um contributo de peso para acelerar esta mudança de paradigma e tornar, de facto, o mundo melhor

O sector dos transportes é, de uma forma geral, responsável por mais de 30% do consumo energético e de 25% das emissões poluentes a nível global. É verdade que não é o único “culpado” e que muitos esforços têm sido feitos para reduzir o seu impacto, mas há ainda muito por fazer e as soluções multiplicam-se e democratizam-se. Sabia, por exemplo, que os automóveis ligeiros eléctricos consomem três vezes menos energia e emitem consideravelmente menos ao longo da sua vida útil, mesmo considerando os gastos energéticos com a produção, quando comparados directamente com um automóvel similar com motor de combustão?

Gonçalo Castelo Branco, Director de Mobilidade Inteligente da EDP Comercial , alerta que “a descarbonização do sistema energético exige uma maior electrificação da economia, ou seja, é necessário garantir que a electricidade de origem renovável aumente a sua proporção como fonte energética. E no sector dos transportes, os veículos eléctricos são a forma mais eficiente de acelerar essa transição”.

Victor Gill Ramirez

Esta é uma década decisiva em que urge actuar e não apenas “pensar” o futuro e a EDP Comercial, ou não fosse líder nesta mudança de paradigma, encabeça um movimento imparável que visa apoiar directamente os clientes nesta transformação tão profunda.

Victor Gill

Para Gonçalo Castelo Branco, o rumo está traçado e os objectivos bem definidos, “desde 2018, que temos vindo a percorrer um caminho dedicado à mobilidade eléctrica, com um compromisso claro com a descarbonização, um posicionamento de liderança na promoção da electrificação dos transportes e no desenvolvimento de parcerias no ecossistema da mobilidade que suportem essa transição. Uma abordagem holística, que está em constante evolução, e que continuamos empenhados em reforçar, ainda num contexto de pandemia, que tem testado os nossos hábitos e de certa forma reforçado uma maior consciência ambiental e de sustentabilidade”

Desde 2018, que a EDP Comercial tem vindo a percorrer um caminho dedicado à mobilidade eléctrica, com um compromisso claro com a descarbonização, um posicionamento de liderança na electrificação dos transportes e no desenvolvimento de parcerias no ecossistema da mobilidade Gonçalo Castelo Branco, Director de Mobilidade Inteligente da EDP Comercial Partilhar citação Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Seja em nossa casa, no escritório, nas vias públicas ou em viagem, é reconfortante saber que a EDP Comercial dispõe de um conjunto alargado de soluções integradas que facilitam a vida aos clientes e promovem uma maior segurança e fluidez nesta transição energética. Quantas vezes já se terá questionado sobre a aquisição de um automóvel eléctrico? A oferta das marcas é cada vez maior e já há modelos para todos os gostos, necessidades e bolsas… O que o impede? Será a questão da autonomia, uma síndrome que se propagou no começo desta transição energética e que cada vez faz menos sentido, ou será a aparente dificuldade nos carregamentos? As duas questões estão interligadas e ambas estão datadas. Não só os automóveis estão cada vez mais eficientes, como as soluções de carregamento são, hoje em dia, uma parte da solução e já não do problema. “Temos vindo a aumentar o portefólio de soluções de carregamento para clientes residenciais, empresariais e, também, ao nível do carregamento público, tendo em vista uma experiência integrada do cliente da mobilidade eléctrica”

Chegar a todos, em todo o lado No final de 2020, a EDP Comercial já tinha contratado um total de mais de 700 pontos de carregamento (entre normais, rápidos e ultra-rápidos) com parceiros tão díspares como a Brisa, BP, Repsol, Saba, Hospital da Luz, Benfica e Sporting, mas também em cerca de 90 municípios do concurso da rede piloto da MOBI.E. Tudo para que os clientes tenham uma experiência de carregamento completa e integrada do seu veículo eléctrico. Mais, em aliança com a Brisa, a BP e a Repsol, a EDP Comercial irá instalar 34 pontos de carregamento ultra-rápido (carregamento de 80% da bateria em cerca de 15 minutos) e rápidos nas auto-estradas nacionais. Dez desses pontos de carregamento estarão disponíveis nas estações da BP na A1 – Auto-estrada do Norte e na A2 – Auto-estrada do Sul; e 24 pontos estarão operacionais nas estações geridas pela Repsol, na A1, A2, A4 – Auto-estrada de Trás-os-Montes e Alto Douro, A6 – Auto-estrada Marateca-Caia e A9 – Circular Regional Exterior de Lisboa

Gonçalo Castelo Branco realça o compromisso da empresa com o reforço permanente e adequado das infra-estruturas de apoio à electrificação crescente do parque automóvel. “Fomos o operador com maior crescimento registado na infra-estrutura de carregamento em 2020. Um compromisso que é encarado como prioritário para dar resposta ao crescimento das vendas de veículos eléctricos, que têm atingido valores recorde, com cerca de 20.000 veículos vendidos em 2020, o que representou mais de 13% das vendas totais de veículos ligeiros em Portugal”

Tendo em conta que o objectivo da empresa é chegar aos 1000 pontos de carregamento até ao final de 2021, não tardará muito para ter uma unidade EDP Comercial a cada “esquina” ou, e sendo esta outra grande aposta da marca, um posto de carregamento em cada casa ou condomínio. Até porque, se for cliente da empresa, beneficia de 25% de desconto até 30 de Abril de 2021 na energia consumida na rede pública se utilizar o Cartão Mobilidade Eléctrica EDP . É fácil, é barato e ainda poupa muitos “tostões”

Soluções à medida Consciente de que a maioria dos utilizadores gostaria de ter uma solução fiável, prática e económica de carregar em casa ou, pelo menos, no condomínio sem prejudicar os vizinhos ou provocar situações de atrito, a EDP Comercial está a alargar o portfólio de respostas para estes desafios. “Já oferecemos soluções que permitem carregar veículos 100% eléctricos ou híbridos plug-in em total segurança, suportadas por um plano com garantia de energia 100% verde e consumo mais económico à noite, devidamente adaptadas às necessidades individuais do consumidor”

A rede pública de carregamento é um factor relevante e inequívoco para garantir a massificação da mobilidade eléctrica, assim como para superar os medos dos utilizadores de veículos eléctricos no que respeita à autonomia dos veículos Gonçalo Castelo Branco, EDP Comercial Partilhar citação Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Tenha a sorte de possuir uma garagem individual ou de partilhar o espaço com os vizinhos (num condomínio, por exemplo), a EDP Comercial tem uma resposta para si. E quando a empresa afirma que tem uma oferta à sua medida, não se refere apenas à infra-estrutura de carregamento, mas acima de tudo aos preços ajustados e a modalidades de pagamento flexíveis, incluindo a possibilidade de amortizar o investimento em 36 meses sem juros. Quer melhor do que isto? Melhor só mesmo o valor da mensalidade que pode começar nos 22€/mês para os clientes da marca .

Não tem uma garagem individual, mora num condomínio e os vizinhos queixam-se que lhes anda a imputar os custos de carregamento… Não se preocupe, a EDP Comercial também pensou nestes casos e oferece uma solução inovadora e única no mercado que promete acabar de vez com as complicações. Quais? Todas! Desde 41€/mês, e já incluindo a solução EDP EV.Charge , a empresa oferece um interface digital para condóminos e gestores de condomínio, que permite diferenciar os consumos dos equipamentos de carregamento de cada condómino e fazer o acerto de contas automático. Acabam-se assim as contas de cabeça ao final do mês e as “confusões” com os vizinhos que, ainda, não dispõem de uma viatura eléctrica. Talvez seja o argumento que lhes faltava para, também eles, entrarem nesta onda imparável de mudança e contribuírem para uma mobilidade que se quer mais consciente e sustentável

O grupo EDP assumiu o compromisso de electrificar 100% da sua frota de ligeiros até 2030 Partilhar citação Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Se já estiver mais avançado no processo e até já tem uma solução de carregamento, pode instalar o Connect EDP por apenas 21€/mês (18€ do equipamento e 2,99€ da solução EDP EV.Charge). Deve estar a questionar-se: mas afinal que solução milagrosa é a tão falada EDP EV.Charge? Parece complexa, e é de facto uma solução inovadora, mas não poderia ser mais “amiga” do utilizador. Na prática, é uma aplicação que integra num único “local” todas as dimensões do carregamento, seja em casa, no trabalho ou numa rede pública. Assim, pode, remotamente, iniciar ou agendar carregamentos e, se for acaso disso, aceder ao histórico dos mesmos e até acertar contas com o condomínio

Mais, através de um clique no seu smartphone consegue, por exemplo, consultar a lista e localização de pontos de carregamento públicos nas redondezas, ver informação detalhada sobre os mesmos (tomadas, potências, custo, orientação até ao local, etc.) e, caso ainda não o tenha feito, requisitar um cartão Mobilidade Eléctrica EDP (CEME)

Fotogaleria Os bons exemplos começam em casa E porque o grupo EDP defende que as boas práticas começam em casa, já assumiu que os objectivos internos no que toca à mobilidade eléctrica são muito ambiciosos. “Um pilar importante desta electrificação são as frotas empresariais que, apesar de representarem apenas cerca de 20% do parque automóvel, são responsáveis ​​por 40% de todos os quilómetros percorridos e por 50% das emissões de CO2 dos transportes. Para além de responder a estes clientes, com soluções específicas que permitem acelerar essa transição, a EDP assumiu também o compromisso de electrificar 100% da sua frota de ligeiros até 2030″, concluiu o Director de Mobilidade Inteligente

Poderá estar a pensar que mal seria se uma empresa que trata a electricidade por “tu” não trocasse toda a sua frota de automóveis de combustão por veículos eléctricos. Mas o esforço do grupo vai muito além desta premissa e até 2025, prevê ter instalados 40.000 pontos de carregamento. Ou seja, em 5 anos, o grupo EDP quer ser o exemplo a seguir, promover uma adesão maciça a uma mobilidade mais sustentável e dar um contributo de peso para acelerar esta mudança de paradigma e tornar, de facto, o mundo melhor