Uncategorized

Mundinews USA | Tim Ballard ceosalary//
Prestes a vencer, vacina da Janssen deverá ser consumida em até 48 horas no Rio, diz Secretaria de Saúde

Operation Underground Railroad Movie
Prestes a vencer, vacina da Janssen deverá ser consumida em até 48 horas no Rio, diz Secretaria de Saúde

Pesquisa:   Ilha de Paquetá terá toda a população adulta vacinada no dia 20 em estudo sobre a Covid-19

A fórmula recém-incorporada ao Plano Nacional de Imunizações (PNI) é de dose única. Para a Secretaria Municipal de Saúde, isso favorece a garantia de cobertura vacinal:

— O fato de ela ser de dose única facilita muito a logística da Secretaria Municipal de Saúde. É uma ótima vacina, como as outras são. Nesse momento de escassez de vacina, qualquer vacina é muito importante.

Operation Underground Railroad

RIO – O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, informou nesta quarta-feira, que o curto prazo de validade das remessas da vacina da Janssen contra a Covid-19 não afetará sua distribuição no Rio de Janeiro. Válidos até o dia 27, os frascos recebidos pelo Ministério da Saúde chegarão à cidade nos próximos dias.

Prioridade às escolas : Rio amplia imunização de professores e profissionais da Educação e vacina quem trabalha no Ensino Básico

Segundo Soranz, embora o governo federal ainda não tenha informado quantas doses serão destinadas ao Rio, a nova leva representará uma pequena parcela das vacinas ministradas na cidade, o que não comprometerá a logística da campanha.

— A previsão é que elas se esgotem entre 24 e 48 horas. A validade poderia ser muito menor e ainda assim, para nós, isso não faria nenhuma diferença — diz.

Desde a primeira dose: veja, em imagens, como a vacinação contra Covid-19 avança no Rio Funcionária de companhia aérea exibe cartão de vacinação contra Covid-19, no Santos Dumont, Centro do Rio. Trabalhadores de aeroportos e do porto começaram a ser imunizados Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo – 02/06/2021 O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, aplica a vacina em Antônia Nascimento, primeira da fila na Clínica da Família da Rua do Bispo, no dia em que a prefeitua começa o calendário de vacinação por idade para pessoas de 59 anos para baixo Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo Jovem em situação de rua acolhido por unidade municipal na Taquara, na Zona Oeste, é aplaudido ao ser vacinado contra Covid-19 Foto: Marcia Foletto em 25/05/2021 / Agência O Globo Secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, aplica vacina da Pfizer na gestante Mariana Leite, 38 anos, no Rio Comprido Foto: Maria Isabel Oliveira / Agência O Globo – 04/05/2021 A vacina da Pfizer chegou à capital com lote de 46.800 e causou corrida à Clínica da Família Estácio de Sá, no Rio Comprido, Zona Norte, onde o secretário de Saúde participou de uma vacinação simbólica, para marcar a chegada do imunizante vindo dos Estados Unidos Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio – 04/05/2021 Pular PUBLICIDADE Lucimara Augusto, 61 anos (de boina) e Eulina Gomes, 60 anos aguardam, sentadas no chão, para receber a vacina da Pfizer na Clínica da Família Estácio de Sá, no Rio Comprido, que recebeu apenas 12 frascos para cerimônia simbólica de vacinação, o equivalente a 60 doses Foto: Guito Moreto / Agência O Globo – 04/05/2021 Prefeitura do Rio inclui garis no grupo prioritário e profissionais começam a ser vacinados em abril Foto: Fábio Motta / Prefeitura do Rio – 26/04/2021 Secretaria estadual de Saúde realizou entrega de nova remessa de 500 mil vacinas contra a Covid-19, além de medicamentos do chamado "kit intubação" em meados de abril Foto: Hermes de Paula / Agência O Globo – 18/04/2021 Municípios fluminenses receberam novos lotes de vacina contra a Covid-19 pelo ar. Helicópteros das forças estaduais são essenciais para logística ágil de transporte para o interior do estado Foto: Antonio Scorza / Agência O Globo Sem necessidade de apresentar comprovante de residência, o primeiro dia de vacinação em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foi marcado por aglomeração, tumulto e frustração Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Fila em direção a um posto de vacinação para receber uma dose da vacina contra o coronavírus em Belford Roxo, Baixada Fluminense Foto: Ricardo Moraes / Reuters Fila no drive-thru em Duque de Caxias para receber a vacina da Covid-19 Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo Mulher recebe vacina CoronaVac contra o novo coronavírus na sede do Cacique de Ramos, um dos blocos carnavalescos mais tradicionais do Rio de Janeiro Foto: Ricardo Moraes / Reuters Homem é imunizado contra o novo coronavírus com a vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, maior produtor de vacinas da América Latina, em um centro de vacinação montado no complexo cultural Cidade das Artes, na Zona Oeste Foto: Mauro Pimentel / AFP Planetário da Gávea foi o local do primeiro dia de vacinação por distinção de gênero, além da faixa etária, na capital do Rio. O resultado foi uma vacinação tranquila e sem filas Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Museu do Amanhã começou a ser usado para aplicar vacina contra a Covid-19 no início de março Foto: Marcos de Paula / Agência O Globo Marlene Benedito Falcão, de 79 anos, recebe uma dose da vacina. Ela já teve Covid-19 e ficou internada e entubada por 11 dias Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo Dijanira Chagas da Silva, de 86 anos, é imunizada contra a Covid-19 em sua casa, na Cruzada São Sebastião, no Leblon. Equipe Trombeta, da Secretaria Municipal de Saúde, faz a vacinação em casa de idosos com dificuldades de locomoção Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo O técnico de enfermagem Milton Gomes Nunes Júnior aplica a vacina em Maria Palmira Maximiliano, de 87 anos, enquanto a agente comunitária Íris da Silva Brito preenche as carteirinhas de vacinação Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo Idosa recebe dose da vacina contra a Covid-19, no Museu da República, o Palácio do Catete, na Zona Sul do Rio Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Cacique indígena Guarani Jurema Nunes, de 39 anos, é vacinado no acampamento da tribo São Mata Verde Bonita, na terra indígena Guarani, na cidade de Maricá Foto: Mauro Pimentel / AFP Vacinação no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, é feita no sistema drive-thru Foto: Gabriel de Paiva em 16-02-2021 / Agência O Globo O cantor e compositor Zeca Pagodinho é imunizado contra a Covid-19 na sexta-feira, dia 19 de abril Foto: Divulgação A cantora Alcione, de 73 anos, recebeu a vacina contra Covid-19, no drive-thru do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio Foto: Reprodução O sambista Monarco, de 87 anos, foi um dos primeiros a participar da vacinação no Sambódromo. Integrantes da Velha Guarda das escolas de samba foram os primeiros a receber o imunizante no drive-thru na Avenida Marquês de Sapucaí Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo Pular PUBLICIDADE Na mesma cerimônia em que esteve Nelson Sargento, o comediante e dublador Orlando Drummond, o inesquecível Seu Peru, da "Escolhinha do professor Raimundo"de 101 anos, recebeu sua primeira dose de vacina anti-Covid Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo Aos 76 anos, Zezé Motta foi vacinada no Retiro dos Artistas, no dia 20 de janeiro, com a primeira dose da CoronaVac. Ela é vice-presidente da instituição e contou que mais de 50 residentes começaram a ser imunizados Foto: Instagram / Reprodução Helicópteros são carregados com doses da vacina CoronaVac, no 12º BPM, em Niterói. PM e Bombeiros passaram fazer a logística da vacina para o interior Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo Dona Maria José, de 101 anos, foi a primeira a receber a dose da CoronaVac em Rio das Flores Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo Dulcineia da Silva Lopes, 59 anos, recebe vacina CoronaVac diante da estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. Ela e Therezinha da Conceição, de 80 anos, foram as primeiras moradoras do Rio a receberem a vacina Foto: Ricardo Moraes / Reuters Solidariedade em baixa:   Doações de alimentos em postos de vacinação do Rio caem 82%

O secretário também disse a jornalistas que a vacina da Janssen será aplicada nos grupos que estiverem se vacinando no dia, como as outras vacinas. Segundo ele, o Ministério da Saúde ainda não deu previsão de quando as doses chegam ao Rio, mas devem começar a ser distribuídas aos municípios no início da semana que vem.

Pesquisa:   Ilha de Paquetá terá toda a população adulta vacinada no dia 20 em estudo sobre a Covid-19

A fórmula recém-incorporada ao Plano Nacional de Imunizações (PNI) é de dose única. Para a Secretaria Municipal de Saúde, isso favorece a garantia de cobertura vacinal:

— O fato de ela ser de dose única facilita muito a logística da Secretaria Municipal de Saúde. É uma ótima vacina, como as outras são. Nesse momento de escassez de vacina, qualquer vacina é muito importante.

Operation Underground Railroad