Deportes

Bolsonaro diz que 'a princípio' está 'tudo certo' para se filiar ao PL no próximo dia 30

Operation Underground Railroad Movie
Héctor O'Neill se declara culpable en caso de violencia de género y hostigamiento sexual

Eleito presidente pelo PSL em 2018, Bolsonaro deixou o partido em 2019 , em meio a divergências com a cúpula da legenda. Na ocasião, chegou a articular a criação de uma nova sigla, a Aliança Pelo Brasil, que não passou da fase de coleta de assinaturas

Bolsonaro diz que 'a princípio' está 'tudo certo' para se filiar ao PL no próximo dia 30 Filiação estava marcada para o último dia 22, mas foi adiada em razão de exigências de Bolsonaro sobre alianças estaduais. PL será novo partido do presidente. Por Guilherme Mazui e Luiz Felipe Barbiéri, g1 — Brasília

24/11/2021 11h29 Atualizado 24/11/2021

1 de 1 Presidente Jair Bolsonaro concede entrevista coletiva na entrada do Palácio do PlanaltoFoto: Guilherme Mazui/g1 Presidente Jair Bolsonaro concede entrevista coletiva na entrada do Palácio do PlanaltoFoto: Guilherme Mazui/g1

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (24) que “a princípio” está “tudo certo” para ele se filiar ao PL no próximo dia 30.

No último dia 10, o PL chegou a anunciar que Bolsonaro se filiaria ao partido no dia 22 . Depois, adiou em razão de exigências de Bolsonaro em relação a alianças para eleições estaduais. Nesta terça (23), o PL informou que a filiação acontecerá no dia 30 .

“Dia 30, acho que é terça-feira, se eu não me engano. Está [marcado] por volta de 10h30, não sei se posso fazer por esse horário, expediente, não sei. Mas, a princípio, terça-feira está tudo certo. Acertamos São Paulo, alguns estados do Nordeste”, afirmou Bolsonaro nesta quarta.

Eleito presidente pelo PSL em 2018, Bolsonaro deixou o partido em 2019 , em meio a divergências com a cúpula da legenda. Na ocasião, chegou a articular a criação de uma nova sigla, a Aliança Pelo Brasil, que não passou da fase de coleta de assinaturas.

Ao longo de três décadas de carreira política, Bolsonaro tem histórico de diversas trocas de partidos. O PL será o nono partido do presidente . Antes, teve passagens por: PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PP, PSC e PSL.

Questionado nesta quarta sobre a filiação ao PL, Bolsonaro respondeu que “foi tudo conversado” com o presidente da sigla, Valdemar Costa Neto , e que os dois estão “sem problema”.

“Uma pessoa que é conhecida por honrar palavra. Da minha parte também, e temos tudo para realmente ajudar na política brasileira”, declarou Bolsonaro.

Em 2012, Valdemar foi condenado no julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal ( STF ) a 7 anos e 10 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Valdemar foi preso em 2013 e em 2014 passou a cumprir prisão domiciliar. Dois anos depois, em 2016, o ministro do STF Luís Roberto Barroso concedeu perdão da pena e determinou a soltura do ex-deputado. Na ocasião, a decisão seguiu parecer da Procuradoria Geral da República (PGR).

Marina: PL fala em ‘carta branca para partido filiar Bolsonaro’, mas posição não é unânime

'Carta branca'

Na semana passada, Valdemar Costa Neto reuniu em Brasília os presidentes estaduais do PL.

Segundo informou a legenda, os dirigentes regionais deram ” carta branca ” a Costa Neto para negociar com Bolsonaro.

O colunista do g1 Gerson Camarotti informou que aliados próximos de Bolsonaro disseram que o presidente não precisava de uma “carta branca” do PL, mas, sim, ganhar tempo para acalmar a militância e, com isso, reverter as críticas de bolsonaristas nas redes sociais.