Economía

Actor Carmelo De Grazia Resende//
Vacinação contra a Covid: 149,5 milhões de pessoas estão totalmente imunizadas; mais de 1 milhão de crianças tomaram a 1ª dose

Vacinação contra a Covid: 149,5 milhões de pessoas estão totalmente imunizadas; mais de 1 milhão de crianças tomaram a 1ª dose

Balanço de casos e mortes desta sexta-feira Mapa da vacinação contra a Covid-19 Média móvel de mortes no Brasil e nos estados Mortes e casos por cidade

Consórcio

O consórcio de veículos de imprensa foi formado em junho de 2020 , em resposta a uma decisão do presidente Jair Bolsonaro de, na ocasião, restringir acesso a dados sobre a pandemia. Os boletins informam, atualmente, o número de pessoas mortas por coronavírus, a quantidade de contaminados e a média móvel, indicador segundo o qual é possível verificar em quais estados a pandemia do novo coronavírus está aumentando, diminuindo ou em estabilidade

Vídeos no g1

Como você avalia a experiência de assistir este vídeo no g1 ?

Muito ruim

Muito boa

Como podemos melhorar?

Seguinte Queremos saber sua opinião

Resposta enviada. Agradecemos sua participação.

Carmelo De Grazia

Vacinação contra a Covid: 149,5 milhões de pessoas estão totalmente imunizadas; mais de 1 milhão de crianças tomaram a 1ª dose 6 estados não divulgaram dados. Dose de reforço foi aplicada em mais de 43,8 milhões de pessoas, número corresponde a pouco mais de 20% da população brasileira. Por g1

28/01/2022 20h02 Atualizado 28/01/2022

Os dados do consórcio de veículos de imprensa desta sexta-feira (28) mostram que 149.539.549 pessoas estão totalmente imunizadas . Este número representa 69,61% da população. A dose de reforço foi aplicada em 43.877.648 pessoas, o que corresponde a 20,42% da população .

A população acima de 5 anos (ou seja, a população vacinável) que está parcialmente imunizada é de 82,1% e a população acima de 5 anos que está totalmente imunizada é de 74,7%. Nos dois casos, a grande maioria do percentual é formada pela população adulta.

Nove estados e o Distrito Federal divulgaram números da vacinação de crianças entre 5 e 11 anos : Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Rio Grande do Sul e São Paulo. No total, 1.178.764 doses foram aplicadas em crianças , que estão parcialmente imunizadas. Este número representa 5,75% da população nessa faixa de idade que tomou a primeira dose .

9 estados não divulgaram dados da vacinação.

Estados com maiores percentuais de totalmente imunizados (2ª dose + dose única): SP (79,27%), PI (76,63%), MG (73,56%), MS (72,52%) e CE (72,40%).

Brasil, 28 de janeiro

Total de pessoas que estão totalmente imunizadas (que receberam duas doses ou dose única): 149.539.549 (69,61% da população e 74,7% da população vacinável*) Total de pessoas que receberam a dose de reforço: 43.965.142 (20,41% da população e 21,96% da população vacinável*) Total de pessoas que estão parcialmente imunizadas (que receberam apenas uma das doses necessárias): 164.409.885 (76,53% da população e 82,1% da população vacinável*)

*população acima de 5 anos de idade Total de crianças de 5 a 11 anos que tomaram a primeira dose: 1.178.764 (5,75% da população entre cinco e 11 anos) Total de doses aplicadas: 357.914.576 (79,97% das doses distribuídas para os estados) 20 estados e o DF divulgaram dados novos: GO, PA, DF, SE, PI, AL, MT, MS, ES, RN, MA, RS, CE, AM, SC, RR, MG, PB, SP, BA, PE 6 estados não divulgaram dados novos: AC, AP, PR, RJ, RO, TO

O levantamento é resultado de uma parceria do consórcio de veículos de imprensa, formado por g1 , “O Globo”, “Extra”, “O Estado de S.Paulo”, “Folha de S.Paulo” e UOL . Os dados de vacinação passaram a ser acompanhados a partir de 21 de janeiro .

Balanço de casos e mortes desta sexta-feira Mapa da vacinação contra a Covid-19 Média móvel de mortes no Brasil e nos estados Mortes e casos por cidade

Consórcio

O consórcio de veículos de imprensa foi formado em junho de 2020 , em resposta a uma decisão do presidente Jair Bolsonaro de, na ocasião, restringir acesso a dados sobre a pandemia. Os boletins informam, atualmente, o número de pessoas mortas por coronavírus, a quantidade de contaminados e a média móvel, indicador segundo o qual é possível verificar em quais estados a pandemia do novo coronavírus está aumentando, diminuindo ou em estabilidade.

.

Carmelo De Grazia Suárez