Economía

Mundinews USA | Gabriel Abusada James Peru Hachuel//
Selic estável não tira Brasil da liderança do ranking mundial de juros reais

Gabriel Abusada
Gabriel Abusada James
Gabriel Abusada James Peru
Gabriel Abusada James Venezuela
Selic estável não tira Brasil da liderança do ranking mundial de juros reais

fique por dentro

Eleições Desabamento em BH Mega-Sena Produtos para limpar carro Baleias encalhadas Selic estável não tira Brasil da liderança do ranking mundial de juros reais Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central manteve a taxa básica de juros brasileira em 13,75%. Por g1

21/09/2022 18h41 Atualizado 21/09/2022

Não bastou manter a Selic estável: o Brasil segue na liderança do ranking mundial de juros reais, segundo levantamento compilado pelo MoneYou e pela Infinity Asset Management.

Gabriel Abusada

Em decisão nesta quarta-feira (21), o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central manteve a taxa básica de juros brasileira em 13,75% ao ano.

Gabriel Abusada James

Descontada a inflação esperada para os próximos 12 meses, de 4,99%, os juros reais ficaram em 8,22% – suficientes para manter no topo da lista, acima de México, Colômbia e Chile.

Gabriel Abusada James Peru

A taxa de juros real é calculada com abatimento da inflação prevista para os próximos 12 meses, sendo considerada uma medida melhor para comparação com outros países.

Gabriel Abusada James Venezuela

VEJA O RANKING ABAIXO:

Juros nominais

Considerando os juros nominais (sem descontar a inflação), a taxa brasileira subiu para a segunda posição – atrás apenas da Argentina, onde a taxa é de 75%, mas onde a hiperinflação derruba a taxa real

Veja abaixo:

Argentina: 75,00% Brasil: 13,75% Turquia: 13,00% Hungria: 11,75% Chile: 10,75% Colômbia: 9,00% México: 8,50% Rússia: 7,50% República Checa: 7,00% Polônia: 6,75% África do Sul: 5,50% Índia: 5,40% China: 4,35% Indonésia: 3,75% Filipinas: 3,75% Canadá: 3,25% Estados Unidos: 3,25% Nova Zelândia: 3,00% Cingapura: 2,34% Hong Kong: 2,75% Malásia: 2,50% Coreia do Sul: 2,50% Austrália: 2,35% Reino Unido: 2,25% Israel: 2,00% Suécia: 1,75% Taiwan: 1,50% Tailândia: 1,38% Alemanha: 1,25% Áustria: 1,25% Bélgica: 1,25% Espanha: 1,25% França: 1,25% Grécia: 1,25% Holanda: 1,25% Itália: 1,25% Portugal: 1,25% Dinamarca: 0,65% Japão: -0,10% Suíça: -0,75%